O Mundo Continuará a Girar: Prémio Victor Sá de História Contemporânea - 30 anos (1992-2021)

Autores

Henrique Barreto Nunes
Universidade do Minho
José Viriato Capela
Universidade do Minho
Conselho Cultural Universidade do Minho
Universidade do Minho

Resumo

Prémio Victor Sá de História Contemporânea
30 anos (1992-2021)
Autores e Obras Premiadas

1ª Edição 1992 Não foi atribuído; 2ª Edição 1993 Não foi atribuído; 3ª Edição 1994 Maria Fernanda Rollo, “Portugal e o Plano Marshall”; 4ª Edição 1995 Álvaro Garrido, “O movimento associativo estudantil nos inícios de sessenta. A crise académica de Coimbra de 1962”; 5ª Edição 1996 Helena Pinto Janeiro, “Salazar e Pétain. Contributo para o estudo das relações luso-francesas durante a II Guerra Mundial (1940-1944)”; 6ª Edição 1997 Cláudia Castelo, “O modo português de estar no mundo. O Luso tropicalismo e a ideologia colonial portuguesa (1933-1961)”; 7ª Edição 1998 Maria João Vaz, “Crime e Sociedade. Portugal na segunda metade do século XIX” ex-æquo Daniel Melo, “Salazarismo e cultura popular (1933-1958)” ex-æquo; 8ª Edição 1999 Adelaide Ginga Tchen, “A Aventura Surrealista. Da explosão à extinção de um movimento (ou não)”; 9ª Edição 2000 Telmo Faria, “Debaixo de fogo! Salazar e as Forças Armadas (1935-1941)”; 10ª Edição 2001 Arnaldo Marques Pata, “Revolução e Cidadania. Organização, funcionamento e ideologia da Guarda Nacional (1820-1839)” ex-æquo; Bruno Cardoso Reis, “Salazar e o Vaticano, da paz ao conflito? As relações diplomáticas entre Portugal e a Santa Sé (1928-1968)” ex-æquo; 11ª Edição 2002 Elisa Neves Travessa, “Jaime Cortesão: política, história cidadania” ex-æquo; Rita Almeida de Carvalho, “A Assembleia Nacional no pós-guerra (1945-1949)ex-æquo; 12ª Edição 2003 Daniel Melo, “A leitura pública no Portugal contemporâneo (1926-1987)”; 13ª Edição 2004 Filipa Lowndes Vicente, “Viagens e Exposições. D. Pedro V na Europa do século XIX”; 14ª Edição 2005 Patrícia Ferraz de Matos, “As cores do Império. Representações raciais no contexto do Império Colonial Português nas primeiras décadas do Estado Novo”; 15ª Edição 2006 Sandra Costa, “O Divórcio no Porto (1911-1934) - e aos costumes disse nada"; 16ª Edição 2007 José António Ribeiro de Carvalho, "Os Jesuítas em Vésperas da Primeira República: O Novo Mensageiro do Coração de Jesus (1881-1910)"; 17ª Edição 2008 José Neves, "Comunismo e Nacionalismo em Portugal- Política, Cultura e História no Século XX"; 18ª Edição 2009 Fernando Tavares Pimenta, "Angola. Os Brancos e a Independência"; 19ª Edição 2010 Bruno Navarro "Governo de Pimenta de Castro - um general no labirinto da I República"; 20ª Edição 2011 Miguel Cardina, “Margem de certa maneira. O Maoísmo em Portugal: 1964-1974”; 21ª Edição 2012 Joana Brites, “O Capital da Arquitectura (1929-1970) Estado Novo, Arquitectos e Caixa Geral de Depósitos”; 22ª Edição 2013 Isabel Corrêa da Silva, “Espelho Fraterno. O Brasil e o republicanismo português na transição para o século XX”; 23ª Edição 2014 Pedro Urbano, “Nos bastidores da Corte": O Rei e a Casa Real na crise da Monarquia 1889-1908”; 24ª Edição 2015 Duarte Freitas, “Memorial de um complexo arquitectónico enquanto espaço museológico: Museu Machado de Castro (1911-1965)”; 25ª Edição 2016 Márcio Barbosa, “O Novo Estado Marcelista (1929-1974)”; 26ª Edição 2017 Cláudia Ninhos, “«Para que Marte não afugente as Musas». A Política Cultural Alemã em Portugal e o Intercâmbio Académico (1933-1945)”; 27ª Edição 2018 Emanuel Cameira, “A &etc de Vítor Silva Tavares - narrativa histórico-sociológica" ex-aequo; José Avelãs Nunes, "A Arquitectura dos Sanatórios em Portugal: 1850-1970ex-aequo; 28ªEdição 2019 Patrícia Lucas, "Partidos e política na Monarquia Constitucional: o caso do Partido Regenerador (1851-1910)"; 29ª Edição 2020 Cátia Tuna, “«Não sei se canto se rezo»: ambivalências culturais e religiosas do fado (1926-1945)”; 30ª Edição 2021 Marina Galvanese, “Os sentidos da emigração portuguesa: discursos, diplomas e políticas entre Portugal e Brasil (1835-1914)”.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Capa para O Mundo Continuará a Girar: Prémio Victor Sá de História Contemporânea - 30 anos (1992-2021)
Publicado
December 15, 2022